Força-tarefa interdita Marfrig (Bagé) e propõe minuta de TAC aditivo

Frigorífico foi, nesta semana, objeto de fiscalização das condições de saúde e segurança de seus trabalhadores; MT entregou termo de interdição e laudo técnico, enquanto MPT concedeu 30 dias corridos de prazo para empresa manifestar interesse em firmar ajuste de conduta, bem como expor o que entender pertinente aos objetos nele constantes; documento inclui cálculo de multa pelo descumprimento de TAC anterior

Imprimir