📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social
⚠️ Recomendação nº 3/2024: adoção de medidas de saúde e segurança do Trabalho em atividades de retomada

Recursos destinados pelo MPT-RS beneficiam hospital em Rosário do Sul

Verba de R$ 56 mil foi usada pelo Nossa Senhora Auxiliadora para comprar aparelhos para purificação de água em máquinas de diálise

Aparelhos de osmose reversa serão usados pelo setor de hemodiálise do hospital
Aparelhos de osmose reversa serão usados pelo setor de hemodiálise do hospital

 

     A partir de verba oriunda de acordo com empresas de segurança em uma Ação Civil Pública, o MPT-RS destinou R$ 56 mil para o Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora, localizado no município de Rosário do Sul. O valor garantiu a compra de dois aparelhos de osmose reversa portáteis, máquinas demandadas pelo Setor de Hemodiálise do hospital. A destinação foi decidida pela procuradora do MPT-RS em Santa Maria Bruna Iensen Desconzi.

     O Hospital de Caridade Nossa Senhora Auxiliadora é uma instituição filantrópica que presta cerca de 70% dos seus serviços ao Sistema Único de Saúde (SUS). Possui 104 leitos, Unidade de Terapia Intensiva, centro cirúrgico, pediatria, obstetrícia, Centro de Diagnóstico por Imagem, dentre outros serviços de saúde que atendem à população da região de Rosário do Sul.

     Os equipamentos de osmose reversa adquiridos têm a função de produzir água purificada nos padrões exigidos pela ANVISA. Essa água é utilizada para alimentar as máquinas de diálise na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital. Cada equipamento custa R$ 28 mil, totalizando R$ 56 mil a soma das duas aquisições.

Texto: Theo Pagot Comissoli (jornalista supervisor: Carlos André Moreira - reg. prof. MT/RS 8553)
Fixo Oi (51) 3284-3086 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp | prt04.ascom@mpt.mp.br
www.facebook.com/mptnors | https://twitter.com/mpt_rs | www.instagram.com/mpt.rs

Tags: Setembro

Imprimir