📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social
⚠️ Recomendação nº 3/2024: adoção de medidas de saúde e segurança do Trabalho em atividades de retomada

10º Seminário Internacional de Sobrecarga Biomecânica no Trabalho é iniciado em Porto Alegre

É a primeira edição do evento fora da Europa; evento tem apoio institucional do MPT-RS

     Foi iniciado nesta quarta-feira (7/6) o 10º Seminário Internacional de Sobrecarga Biomecânica no Trabalho - "Como eu faço...”, organizado pela Escola Ocra Brasiliana. É a primeira ocasião que o evento, promovido pela International School of Ergonomics of Posture and Movement (EPM-IES), acontece fora da Europa. O objetivo do seminário é apresentar os últimos avanços do método OCRA, voltado à gestão de saúde do Trabalho relativos a postura e movimento. O programa conta com palestras de 24 especialistas do Brasil, Espanha, França e Itália, contando com tradução simultânea, em dois dias de exposição, no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs).

     As três primeiras conferências do seminário foram proferidas por Daniela Colombini, uma dos criadores do método OCRA; Marco Cerbai, que falou dos conceitos e técnicas na avaliação de puxa-empurra na coleta de lixo; e Marco Tasso, que abordou o desenvolvimento do método de Movimentação de Pacientes em Hospitais (MAPHO). Daniela apresentou a conferência sobre método TACO, destacando a revisão de literatura especializada, como o método CEN e a normas ISO, feita durante seu desenvolvimento. Também apresentou exemplos de cálculo utilizando o método, que aborda riscos para a região de costas, áreas intermediárias, membros inferiores e superiores.

    O programa da manhã foi completado com mesa-redonda apresentando as novidades e atualizações sobre avaliação da sobrecarga biomecânica no trabalho, a cargo de Enrico Occhipinti, o outro dos criadores do método OCRA, e Edoardo Santino, presidente da Escola Ocra Brasiliana. O primeiro se concentrou nas atualizações das Normas ISO 12295 e 11228-1 e seus anexos, enquanto o segundo se concentrou na realidade brasileira. Edoardo destaca que o método OCRA é aceito internacionalmente pela comunidade científica, com replicabilidade e confiabilidade, e é reconhecido como preferencial pela norma ISO referente a ergonomia, sendo objeto de constante aprimoramento. No país, a norma ISO Internacional 11228-3 foi publicada pela ABNT em 2014, sendo a partir de então considerada norma de segurança a se seguir.

Daniela Colombini, Marco Cerbai, Marco Tasso, Edoardo Santino e Enrico Occhipinti
Daniela Colombini, Marco Cerbai, Marco Tasso, Edoardo Santino e Enrico Occhipinti

Clique aqui para acessar o programa científico do seminário

Participação do MPT

    Dois procuradores do MPT participarão amanhã de mesa redonda do seminário: o procurador do Trabalho Ricardo Garcia (lotado em Caxias do Sul), que coordena as forças-tarefa estaduais do MPT em frigoríficos e hospitais, e o procurador do Trabalho Ronaldo Lira (lotado em Campinas-SP), compõe a discussão sobre fiscalização, auditoria e decisões judiciais nas questões de sobrecarga biomecânica no trabalho.

Procurador Rogério
Procurador Rogério

    Durante a mesa de abertura, o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS), Rogério Uzun Fleischmann, destacou a aplicação do método OCRA no contexto das forças-tarefa do MPT nos setores frigorífico e hospitalar gaúchos, lembrando o esforço de constituir as FTs e de promover formação científica aos seus integrantes. Também participaram da mesa de abertura Patricia Rossafa, representando o Conselho Federal de Fisioterapia; Antonino Germano, representando o SESI; e Rosylane Rocha, do Conselho Federal de Medicina; além dos conferencistas Edoardo Santino e Daniela Colombini, também integrantes do Comitê Científico do evento.

     O seminário tem apoio institucional do MPT-RS, além de: Associação Gaucha de Avicultura (Asgav), Sindicato das Indústrias de Produtos Suínos do RS (SIPS), Associação Gaucha de Medicina do Trabalho (Sogamt), Sociedade Brasileira de Medicina Legal e Pericias Médicas - Seccional do RGS, Revista Proteção, Associação Brasileira de Fisioterapia do Trabalho (Abrafit), Conselho Federal de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Coffito) e Associação Paranaense de Engenharia de Segurança do Trabalho (APES).

Leia mais

24/5/2017 - MPT apoia seminário internacional de Ergonomia que ocorrerá em Porto Alegre

Texto e fotos: Luis Nakajo (analista de Comunicação)
Fixo: (51) 3220-8328
Supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MT/RS 6132)
Fixo Oi (51) 3220-8327 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp
prt4.ascom@mpt.mp.br | facebook.com/MPTnoRS | twitter.com/mpt_rs

Tags: Junho

Imprimir