☎️ O atendimento ao público, no horário de expediente, pelos seguintes telefones. O MPT-RS também atende por canais online.

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social
⚠️ Recomendação nº 3/2024: adoção de medidas de saúde e segurança do Trabalho em atividades de retomada

Candidatos a governador convidados a debater aprendizagem profissional

Evento será realizado na próxima sexta-feira (28/9), no auditório do MPE; organização é do Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional, integrado pelo MPT, e do Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil

     O Fórum Gaúcho de Aprendizagem Profissional (Fogap) e o Fórum Estadual de Prevenção e Erradicação do Trabalho Infantil (Fepeti) convidaram os oito candidatos a governador do Estado do Rio Grande do Sul a participar de Mesa de Debate, na próxima sexta-feira (28/9), às 14h. O encontro será no auditório do Ministério Público Estadual, na avenida Aureliano de Figueiredo Pinto, 80, bairro Praia de Belas. O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) é membro do Fogap e participará do evento, juntamente com a classe empresarial, representantes das entidades formadoras de aprendizagem profissional, conselhos de direitos, fóruns temáticos, adolescentes e jovens aprendizes. O principal objetivo do evento é promover uma discussão social a fim de criar mobilização, articulação e inclusão de adolescentes e jovens na sociedade por meio da Aprendizagem Profissional no mundo do Trabalho.

     Atualmente, a aprendizagem profissional se constitui em uma das mais importantes medidas de combate ao trabalho infantil e regularização do trabalho do adolescente. Conforme dados do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), existem cerca de 2,5 milhões de crianças e adolescentes em situação de trabalho proibido no Brasil, milhares dos quais poderiam estar ocupando vagas ociosas de aprendizagem, que hoje superam 500 mil, conforme Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). A Constituição Federal estabelece que o trabalho é proibido para menores de 16 anos, salvo na condição de aprendiz, a partir dos 14 anos.

Clique aqui para acessar o convite.

Texto: Maria Antonia Fiorini (estagiária de Jornalismo)
Supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg.prof. MT/RS 6132)
Fixo Oi: (51) 3284-3097 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com Whatsapp | prt04.ascom@mpt.mp.br
www.facebook.com/mptnors | https://twitter.com/mpt_rs | www.instagram.com/mpt.rs

Tags: Setembro

Imprimir