📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social
⚠️ Recomendação nº 3/2024: adoção de medidas de saúde e segurança do Trabalho em atividades de retomada

MPT encaminha solução para Farmácia do IPAM

Instituto de Previdência concordou em rever decisão de extinção da farmácia, que deve ser convertida de Ltda para SA.

     O Ministério Público do Trabalho (MPT) em Caxias do Sul realizou nesta quarta-feira (8/2) audiência de mediação entre a Farmácia do IPAM e o Sindicato dos Empregados no Comércio de Caxias do Sul, ocasião em que compareceram como interessados o Instituto de Previdência e Assistência Municipal de Caxias do Sul, o Município de Caxias do Sul, o Sindicato dos Servidores Municipais de Caxias do Sul e o Sindicato dos Trabalhadores Farmacêuticos do Estado do Rio Grande do Sul. A discussão concentrou-se no indicativo de extinção da Farmácia do IPAM, emitido pelo seu Conselho Gestor na Ata nº 1/2017.

Audiência aconteceu na unidade do MPT em Caxias do Sul
Audiência aconteceu na unidade do MPT em Caxias do Sul

     Ficou acordado que o Instituto revisará o indicativo de extinção e passará a observar as disposições legais aplicáveis que exigem a alteração de sua constituição societária - irregularidade que é objeto, inclusive, de procedimento no âmbito do Ministério Público Estadual. A procuradora do Trabalho Mônica Fenalti Delgado Pasetto conduz o procedimento com vistas a assegurar a observância da ordem jurídica e, simultaneamente, preservar aproximadamente 70 empregos diretos, garantindo a continuidade da prestação dos serviços.

Foto: Sindicomerciários/Caxias do Sul
Supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MT/RS 6132)
Fixo Oi (51) 3220-8327 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp
prt4.ascom@mpt.mp.br | facebook.com/MPTnoRS | twitter.com/mpt_rs

Tags: Fevereiro

Imprimir