📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social

Procuradora palestra sobre notificações de acidentes de trabalho para estudantes da UPF

      A procuradora do Ministério Público do Trabalho (MPT) em Passo Fundo Priscila Dibi Schvarcz participou nesta quarta-feira (18) de palestra sobre saúde e segurança do trabalho voltada a estudantes dos cursos de Enfermagem e Medicina da Universidade de Passo Fundo (UPF). O objetivo foi abordar a obrigatoriedade e o procedimento de notificação dos agravos à saúde dos trabalhadores no Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), do Ministério da Saúde, e no Sistema de Informação em Saúde do Trabalhador (SIST), da Secretaria Estadual de Saúde, e a importância da emissão de comunicações de acidentes de trabalho (CAT).

Procuradora Priscila, durante palestra para estudantes na UPF
Procuradora Priscila, durante palestra para estudantes na UPF

      Os dados dos sistemas permitem diagnóstico dinâmico da ocorrência de doenças, contribuindo para a identificação da realidade epidemiológica de determinada área geográfica e auxiliando no planejamento da saúde. O objetivo do MPT é, com isso, ter um retrato realista da incidência de doenças e acidentes de trabalho no Estado, para atuar de forma preventiva.

       Da palestra, além da procuradora, participaram as enfermeiras Volnete Pizzi e Flávia Mucha. A iniciativa faz parte do projeto "Verdade na Saúde" do MPT, que, além de atuar junto aos Municípios e às empresas com o objetivo de reduzir os significativos dados de subnotificação de acidentes de trabalho, busca abordar o assunto com graduandos da área de Saúde, preparando-os antes de ingressarem no mercado de trabalho. O evento, realizado no anfiteatro da Faculdade de Direito, foi organizado pela Liga Acadêmica de Medicina Legal, da Faculdade de Medicina, e pela Liga de Saúde e Segurança do Trabalho, vinculada ao projeto de extensão Balcão do Trabalhador, da Faculdade de Direito.

Texto: Luis Nakajo (analista de Comunicação)
Supervisão: 
Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MT/RS 6132)
Fixo Oi (51) 3284-3086 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp | prt04.ascom@mpt.mp.br
www.facebook.com/mptnors | https://twitter.com/mpt_rs | www.instagram.com/mpt.rs

Tags: Setembro

Imprimir