• Abrangência
  • Notícias MPT-RS
  • MPT participa de mediação que trata de prejuízos de motoristas da empresa de transporte por aplicativo 99 durante as enchentes

☎️ O atendimento ao público, no horário de expediente, pelos seguintes telefones. O MPT-RS também atende por canais online.

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social
⚠️ Recomendação nº 3/2024: adoção de medidas de saúde e segurança do Trabalho em atividades de retomada

MPT participa de mediação que trata de prejuízos de motoristas da empresa de transporte por aplicativo 99 durante as enchentes

A reunião foi pautada pela busca de uma nova forma de auxílio para motoristas afetados pelas enchentes

     O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS), pelo procurador regional Marcelo Goulart, participou de audiência de mediação entre os representantes dos motoristas e os da empresa de transporte por aplicativo 99. A sessão foi conduzida pelo vice-presidente do TRT-4, desembargador Alexandre Corrêa da Cruz, com participação da juíza auxiliar da vice-presidência da Corte, Luciane Caringi Xavier.

     O Sindicato dos Motoristas em Transporte Individual de Passageiros por Aplicativos do Rio Grande do Sul (Simtrapli/RS) ingressou com o pedido de mediação para abrir um diálogo com a empresa sobre os motoristas que tiveram prejuízos com as enchentes que atingiram o Estado. O sindicato pede um auxílio específico para compensar as perdas e informa que o auxílio já oferecido, com a redução das taxas, foi insuficiente e deveria ser ampliado.

     A empresa se declarou à disposição para discutir o assunto internamente e buscar uma solução. Com a intenção da empresa de negociar, o sindicato informou que irá formalizar a relação de pretensões dentro de cinco dias, enquanto a 99 se manifestará sobre as pretensões em dez dias.

  Confira aqui a íntegra da ata da mediação.

Tags: 2024, Julho

Imprimir