• Procuradorias
  • PRT Porto Alegre
  • Municípios do programa RS Seguro terão audiências para incentivar contratação de jovens aprendizes em vulnerabilidade

⚠️ Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante.

Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


O atendimento ao público segue pelos canais online.

Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social

Municípios do programa RS Seguro terão audiências para incentivar contratação de jovens aprendizes em vulnerabilidade

Iniciativa decorre de parceria entre MPT, ME e governos locais

Fladimir Costella, Diego Menezes, Denise Gonzalez, Patrícia Sanfelici, Marlise Fontoura e Giovana Foppa
Fladimir Costella, Diego Menezes, Denise Gonzalez, Patrícia Sanfelici, Marlise Fontoura e Giovana Foppa

     O Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS) reuniu-se, quinta-feira (5/12), com representantes do Ministério da Economia (ME), do governo estadual e do Município de Canoas para discutir iniciativas conjuntas para a promoção da aprendizagem profissional, especialmente entre jovens em vulnerabilidade social, nos municípios que participam do Programa Transversal e Estruturante de Segurança Pública RS Seguro. Na ocasião, foram discutidos os resultados de audiência pública realizada pelo MPT e ME em Canoas, em 3/10, e a organização de audiências semelhantes em outros municípios.

     O objetivo é que se consiga maior contratação de aprendizes em contexto de vulnerabilidade, priorizando adolescentes em acolhimento institucional e em cumprimento de medida sócio-educativa. Em 2020, mais municípios do RS Seguro terão audiências do tipo.

    Participaram da reunião Diego Rafael Hoch de Menezes e Fladimir Perondi Costella, do Município de Canoas; a representante do governo estadual, Giovana Mazzarolo Foppa; a auditora-fiscal do Trabalho Denise Natalina Brambilla Gonzalez; e as procuradoras do MPT em Porto Alegre, representantes regionais da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho da Criança e do Adolescente (Coordinfância), Patrícia de Mello Sanfelici e Marlise Souza Fontoura.

Leia mais
3/10/2019 - Audiência sensibiliza empresas de Canoas sobre aprendizagem profissional
24/9/2019 - 
143 empresas de Canoas são notificadas para audiência pública sobre aprendizagem profissional

Texto e foto: Luis Nakajo (analista de Comunicação)
Supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MT/RS 6132)
Fixo Oi (51) 3284-3086 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp | prt04.ascom@mpt.mp.br
www.facebook.com/mptnors | https://twitter.com/mpt_rs | www.instagram.com/mpt.rs

Tags: Dezembro

Imprimir