📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social

MPT ajuiza ação contra Santa Casa de Uruguaiana por manutenção do atraso de salários

Justiça indeferiu pedido de liminar e designou audiência de instrução para 17 de setembro

      O Ministério Público do Trabalho (MPT, após diversas tratativas administrativas no ano de 2017 com vistas à regularização do pagamento dos salários pela Santa Casa de Uruguaiana, recebeu nova denúncia, tendo autuado o inquérito civil (IC) 000022.2018.04.005/0. Após a instrução do inquérito, verificada a manutenção do atraso de salários, o MPT ajuizou ação civil pública (ACP), protocolada na Justiça do Trabalho sob o n. 0020475-36.2018.5.04.0801, em que requereu a antecipação de tutela para determinar o imediato pagamento dos salários em atraso e o pagamento dos salários até o quinto dia útil do mês seguinte ao da competência, na forma da lei, sob pena de multa, bem como pagamento de danos morais coletivos face a reiteração da conduta ilícita.

     O pedido liminar no sentido de que fosse determinada a regularização do pagamento sob pena de multa foi indeferido pela Justiça do Trabalho em decisão proferida em 16 de abril, sob o fundamento da atual situação financeira do réu e das instituições da mesma natureza, tendo sido realizada audiência em 26 de abril, em que apresentados documentos pelo Hospital e designada audiência de instrução, para o dia 17 de setembro, às 8h30min, na 1ª Vara do Trabalho de Uruguaiana.

Texto: Martha Diverio Kruse
Supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MT/RS 6132)
Fixo Oi: (51) 3284-3097 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp
prt04.ascom@mpt.mp.br | www.facebook.com/mptnors | https://twitter.com/mpt_rs

Tags: Junho

Imprimir