⚠️ Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante.

Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


O atendimento ao público segue pelos canais online.

Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social

Eleição dos rodoviários acontece de domingo a segunda-feira (3/11)

Nesta quinta-feira, a comissão eleitoral julgou pedidos de impugnação e definiu detalhes operacionais da votação

     Reunião realizada na sede do Ministério Público do Trabalho no Rio Grande do Sul (MPT-RS), nesta quinta-feira (30/10) definiu os últimos detalhes da eleição para a diretoria do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transportes Coletivos e Seletivos Urbanos de Passageiros da Cidade de Porto Alegre. A Comissão Eleitoral julgou os pedidos de impugnação e definiu o critério para o voto dos trabalhadores ativos.

     Segundo o consenso estabelecido na Comissão, o eleitorado é o resultado do cruzamento de listas encaminhadas tanto pelo sindicato da categoria profissional quanto pelas empresas de transporte coletivo de Porto Alegre. Aposentados ainda em atividade e os que pagam mensalidade na sede votarão nas garagens das empresas, junto com os trabalhadores ativos. Os trabalhadores aposentados fora do exercício votarão exclusivamente no Ginásio Tesourinha. Inicialmente, a lista geral de aposentados aptos ao voto contém 2150 nomes. Contudo, participam da votação os aposentados que efetuarem o recadastramento no ato da votação, mediante apresentação da carteira de trabalho ou documento que comprove sua efetiva vinculação à categoria (ou cópia autenticada), mais prova de data de aposentadoria, como carta de concessão ou extrato de benefício.

     Para viabilizar o consenso e resolver as impugnações, as chapas fizeram concessões mútuas e estabeleceram critérios para a permanência de candidatos aposentados que ainda não tinham a comprovação completa dos requisitos de elegibilidade. Candidatos aposentados, de todas as chapas, que não constem da lista geral têm a sua permanência condicionada ao recadastramento no dia da eleição. A votação se inicia neste domingo, às 16h, e se encerra na segunda-feira, às 16h (detalhes abaixo). Após a votação, as urnas serão recolhidas à sede do MPT-RS, onde será feita a apuração e a posse dos eleitos.

Reunião também definiu o modo de fiscalização das votações
Reunião também definiu o modo de fiscalização das votações

 

Local e horário:
Trabalhadores ativos e aposentados em atividade: nas garagens das 13 empresas
Horário: das 16h do dia 2/11 às 16h de 3/11 (sem intervalo)

Trabalhadores aposentados fora de atividade: Ginásio Tesourinha
Horário: das 16h às 22h de 2/11, e das 6h às 16h de 3/11
Endereço: Av. Érico Veríssimo s/nº – Cidade Baixa

 

Chapas
Quatro chapas concorrem à eleição:
Chapa 1 – Força Rodoviária
Chapa 2 – Unidade Rodoviária
Chapa 3 – Resgate Rodoviário
Chapa 4 – Rodoviários na Luta

Clique aqui para ler a composição das chapas, antes de julgadas as impugnações.

 

Leia mais:

21/10/2014 - Eleição dos rodoviários: comissão eleitoral define critérios para votação de aposentados
17/10/2014 - Eleição do sindicato dos rodoviários: edital com nominata de chapas deve ser publicada na segunda-feira
8/10/2014 - Começa reunião do MPT com concorrentes da eleição do Sindicato dos Rodoviários
26/8/2014 - Sindicato dos rodoviários: MPT esclarece prazos das eleições
22/8/2014 - MPT notifica sindicato dos rodoviários de Porto Alegre sobre eleição
20/8/2014 - MPT organiza eleição dos rodoviários de Porto Alegre

 

Foto e supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MTE/RS 6132)
Texto: Luis Nakajo (analista de Comunicação)

Tags: Outubro

Imprimir