📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social

Maratona Internacional de Porto Alegre divulga #ChegadeTrabalhoInfantil

7.431 atletas dos 10.200 inscritos cruzaram linha de chegada no tempo máximo estipulado pela organização da 35ª edição da tradicional corrida de rua; maioria vestiu camiseta ostentando símbolo da campanha de combate à exploração do trabalho infantil

Foto: Carlos Macedo (Agência RBS)
Foto: Carlos Macedo (Agência RBS)

     Chuva, frio e #ChegadeTrabalhoInfantil marcaram a 35ª Maratona Internacional de Porto Alegre, realizada na manhã deste domingo (10/6). A tradicional corrida de rua aconteceu na antevéspera de 12 de junho - Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil. Aproximadamente 10.200 atletas se inscreveram e 7.431 conseguiram cruzar a linha de chegada no tempo máximo estipulado pelo Clube de Corredores de Porto Alegre (Corpa), responsável pela organização. Foram 3.369 (2.522 masculino e 847 feminino) na maratona (42,195 km), 3.241 (1.660 masculino / 1.581 feminino) na meia-maratona (21 km) e 809 (268 masculino / 541 feminina) na rústica (7,5 km). A maioria dos corredores vestiu camisetas ostentando o símbolo da campanha do Ministério Público do Trabalho (MPT): #ChegadeTrabalhoInfantil. Também cruzaram a linha de chegada da maratona três cadeirantes (dois masculino / um feminino), dois especiais (masculino), dois deficientes visuais (um masculino / um feminino) e cinco handbikes (quatro masculino / um feminino).

Clique aqui para acessar a lista completa de classificação no site do Corpa.

Clique aqui para acessar no YouTube vídeo (43s) produzido pelo Correio do Povo.

     Corredores de vários estados e de seis países estiveram presentes, com destaque para mais de 1.500 paulistas e em torno de 200 uruguaios. O evento teve como padrinho o maratonista brasileiro Ronaldo da Costa, campeão na Maratona de Berlim de 1998, quando consagrou-se recordista sul-americano. Todos corredores, após cruzarem a linha de chegada, tinham à disposição água mineral, bebidas energéticas, bergamotas, maçãs, bananas e diversos tipos de bolachas para recuperarem-se do esforço físico. Ao longo do trajeto da corrida, 140 mil potes de água mineral e 46 mil sachês de isotônico foram oferecidos aos atletas.

     A Unimed colocou à disposição 21 profissionais especializados em emergências, entre médicos e pessoal de Enfermagem, além de cinco ambulâncias e duas motos, sendo montado espaço próprio no local, inclusive com coleta de agasalhos. A Empresa Pública de Transporte e Circulação (EPTC) prestou apoio em todo percurso com sinalização e desvio de trânsito. No estacionamento do Barra Shopping Sul foi montada uma feira ocupando 1,2 mil metros quadrados, com 19 expositores. Conforme a Somar Meteorologia, às 7h, quando teve início a maratona feminina, fazia 13,7ºC na Capital. Às 10h, quando os dois vencedores já haviam concluído o percurso por vias das regiões Sul e Leste, a temperatura era de 17,6ºC, mas a chuva fina e o vento faziam parecer mais frio.

Foto: Mauro Schaefer (Correio do Povo)
Foto: Mauro Schaefer (Correio do Povo)

Pioneirismo

     A coordenadora da Coordenadoria Nacional de Combate à Exploração do Trabalho de Crianças e Adolescentes (Coordinfância), procuradora do MPT Patrícia de Mello Sanfelici (lotada em Porto Alegre), lembra que ação semelhante ocorreu em 27 de janeiro. Na oportunidade, cerca de 3.200 atletas percorreram 82 quilômetros do Litoral gaúcho, na Travessia Torres-Tramandaí, levando aos participantes e ao público que acompanhou a corrida a mensagem da luta contra o trabalho precoce ilegal.

     O MPT desenvolveu, em 2018, outras ações para a campanha. Foram realizadas três etapas do circuito #ChegadeTrabalhoInfantil nas ruas de Porto Alegre. A 1ª etapa reuniu centenas de atletas na manhã dominical de 25 de março, na avenida Edvaldo Pereira Paiva, ao lado da Pista de Skate do Parque Marinha do Brasil. A segunda etapa aconteceu na noite do sábado 14 de abril, na Rótula das Cuias. A 3ª etapa voltou a ser na manhã de domingo, em 6 de maio, novamente na avenida Edvaldo Pereira Paiva. A iniciativa pioneira do MPT, com apoio do Ministério Público Estadual (MP/RS) e do Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região (TRT-RS), foi promovida em parceria com o Corpa. A ação deverá ser estendida para todo País para dar maior visibilidade à campanha. O objetivo é trazer ao debate a questão do trabalho infantil, sensibilizando e conscientizando a população quanto aos graves riscos a que crianças e adolescentes ficam submetidos quando expostos ao trabalho precoce.

     Para a procuradora Patrícia, "o propósito do circuito de corridas é de levar o problema do trabalho infantil para reflexão da sociedade. A mensagem de que se deve combater essa violação se firma a partir das camisetas, que permanecerão circulando pelas ruas da cidade, das fotos contendo a hashtag da campanha, e também do comprometimento dos atletas, que com certeza passam a ser, ainda mais, multiplicadores da defesa dos direitos das crianças e adolescentes, que são profundamente violados quando expostos ao trabalho precoce. Agora, a ideia é levar essa iniciativa para outras cidades e mesmo outros estados, e sem dúvida buscar inserir no calendário esportivo anual da cidade de Porto Alegre a corrida contra o trabalho infantil".

Leia mais

4/6/2018 - Maratona Internacional de Porto Alegre apoiará #ChegadeTrabalhoInfantil
7/5/2018 - Confira o resultado da 3ª etapa das corridas de rua #ChegadeTrabalhoInfantil
4/5/2018 - 3ª etapa do circuito #ChegadeTrabalhoInfantil será neste domingo
23/4/2018 - Inscrições para 3ª etapa do circuito #ChegadeTrabalhoInfantil encerram-se na próxima segunda
15/4/2018 - Centenas de atletas correm sábado à noite contra trabalho infantil
11/4/2018 - É neste sábado 2ª etapa do circuito #ChegadeTrabalhoInfantil
3/4/2018 - Terminam nesta quarta-feira inscrições para 2ª etapa do circuito #ChegadeTrabalhoInfantil
25/3/2018 - Centenas de pessoas correm contra trabalho infantil
24/3/2018 - Mesmo com chuva, corrida de rua contra trabalho infantil está mantida para este domingo
8/3/2018 - #ChegaDeTrabalhoInfantil motiva circuito de corridas em Porto Alegre
26/1/2018 - De Torres a Tramandaí: uma corrida contra o trabalho infantil

Texto Flávio Wornicov Portela, com informações de Correio do Povo e de GaúchaZH.
Fixo Oi: (51) 3284-3097 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp
prt04.ascom@mpt.mp.br | www.facebook.com/mptnors | https://twitter.com/mpt_rs

Tags: Junho

Imprimir