📅 Atenção! Devido ao estado de calamidade pública, os prazos nos procedimentos do MPT-RS que vencerem neste período ficam prorrogados até 6/6, com exceção dos casos urgentes, relativos à calamidade pública, e os declarados pelo(a) membro(a) oficiante. Ademais, faculta-se ao(à) membro(a) oficiante a realização de audiências na modalidade telepresencial.


☎️ O atendimento ao público segue pelos canais online e, no horário de expediente, pelos seguintes telefones:

PRT Porto Alegre (51) 3252-1500
PTM Caxias do Sul (54) 3201-6000
PTM Novo Hamburgo (51) 3553-7250
PTM Passo Fundo (54) 3316-4300
PTM Pelotas (53) 3310-7700
PTM Santa Cruz do Sul (51) 3740-2550
PTM Santa Maria (55) 3174-1200
PTM Santo Ângelo (55) 3931-3300
PTM Uruguaiana (55) 3414-4800

⚠️ Recomendação nº 1/2024: emissão gratuita de atestados de exposição a enchentes
⚠️ Recomendação nº 2/2024: adoção de medidas trabalhistas alternativas e diálogo social

Coren notifica Virvi Ramos (Caxias do Sul) por irregularidade e ilegalidade

Notificação complementar sobre atividade da Enfermagem decorre de operação realizada, em agosto, por força-tarefa estadual do MPT, que já havia notificado hospital para adequar 36 irregularidades envolvendo saúde e segurança dos trabalhadores

Clique aqui para baixar do Flickr fotos (em alta definição) exibidas no slideshow abaixo (autor: Divulgação / MPT).

     O Conselho Regional de Enfermagem do Rio Grande do Sul (Coren-RS) entregou à enfermeira responsável técnica (RT) do Hospital Virvi Ramos (Caxias do Sul) uma notificação complementar sobre irregularidade no dimensionamento de pessoal e ilegalidade na inexistência de enfermeiro onde são desenvolvidas atividades de Enfermagem. O relatório decorre da sétima operação, realizada de 22 a 24 de agosto, da força-tarefa estadual do Ministério Público do Trabalho (MPT) de adequação das condições de saúde e segurança no trabalho em hospitais no Rio Grande do Sul. Na oportunidade, o MPT notificou a Associação Cultural e Científica Virvi Ramos (ACCVR), mantenedora do Hospital Virvi Ramos, sobre 36 irregularidades.

     O documento informa que a irregularidade é a inexistência, desatualização ou inadequação do cálculo de dimensionamento do quadro de funcionários de Enfermagem. Caso for notificado desatualização, o Hospital deverá realizar e fornecer cópia do cálculo, segundo a legislação vigente, com a ciência do gestor dentro do prazo de 120 dias.

     Já a ilegalidade notificada é a inexistência de enfermeiro onde são desenvolvidas as atividades de Enfermagem. Foi notificado a necessidade de um enfermeiro para supervisionar, organizar, orientar, coordenar, planejar, avaliar a assistência de Enfermagem e executar as atividades privativas da área devido a existência da já realização de supervisão por um mesmo enfermeiro em mais de uma unidade. O prazo para a contratação é imediato.

     A enfermeira-fiscal da subseção Caxias do Sul do Coren-RS, Helen Mendonça da Rosa, que assina a notificação reforça que as situações descritas no relatório comprometem a assistência prestada, além de não atender às normas de segurança do paciente. "O atendimento aos itens notificados é fundamental a fim de garantir assistência de enfermagem segura e livre de situações que possam incorrer em imperícia, negligência ou imprudência”, conclui.

Clique aqui para ler o relatório.

Leia mais

25/8/2017- MPT notifica Hospital Virvi Ramos (Caxias do Sul)
22/8/2017 - Começa operação do MPT no Hospital Virvi Ramos (Caxias do Sul)
23/5/2017 - MPT e Hospital São Vicente de Paulo (Passo Fundo) discutem TAC
19/5/2017 - 86 gestores de hospitais do Estado ouvem procuradores sobre força-tarefa
16/5/2017 - Procuradores esclarecerão gestores de hospitais sobre força-tarefa
7/4/2017 - MPT identifica irregularidades no São Vicente de Paulo (Passo Fundo)
6/4/2017 - Renast entrega relatório sobre saúde do trabalhador no hospital Dom João Becker (Gravataí)
4/4/2017 - Começa operação do MPT no Hospital São Vicente de Paulo (Passo Fundo)
29/3/2017 - Relatório aponta ausência de gestão ergonômica no hospital Dom João Becker (Gravataí)
10/3/2017 - MPT notifica hospital Dom João Becker (Gravataí)
7/3/2017 - Começa operação do MPT no Hospital Dom João Becker (em Gravataí)
1/2/2017 - CREA-RS aponta irregularidades no Hospital Conceição (Porto Alegre)
26/1/2017 - Cerest/Serra entrega relatório sobre segurança do Trabalho no hospital Tacchini (Bento Gonçalves)
24/1/2017 - Fiscalização entrega relatório epidemiológico do hospital Tacchini (Bento Gonçalves)
12/1/2017 - Fiscalização em Saúde entrega relatório sobre condições do hospital Tacchini (Bento Gonçalves)

28/12/2016 - Relatório aponta ausência de gestão ergonômica no hospital Tacchini (Bento Gonçalves)
14/12/2016 - Saúde do Trabalhador constata riscos no Hospital Conceição
11/12/2016 - Hospital Conceição não possui conduta respeitável em Ergonomia
9/12/2016 - MPT notifica hospital Tacchini (em Bento Gonçalves)
5/12/2016 - Começa operação do MPT no hospital Tacchini (em Bento Gonçalves)
21/10/2016 - Trabalhadores do Hospital Conceição "pedem socorro"
18/10/2016 - Começa operação do MPT no Conceição (em Porto Alegre)
28/9/2016 - MPT recebe relatório sobre Ergonomia no Hospital Unimed (Caxias do Sul)
28/9/2016 - CREA apresenta ao MPT relatório sobre Hospital Unimed (Caxias do Sul)
15/9/2016 - Cerests apresentam ao MPT relatórios sobre Hospital Unimed (Caxias do Sul)
1/9/2016 - MPT alerta hospitais sobre falta de gestão em saúde e segurança do trabalho
19/8/2016 - MPT notifica Hospital Unimed Caxias do Sul
178/2016 - Máquina interditada no Hospital Unimed Caxias do Sul
16/8/2016 - Começa operação do MPT no Hospital Unimed Caxias do Sul
8/8/2016 - Cerest indica riscos à saúde dos empregados do Hospital Mãe de Deus (Porto Alegre)
4/8/2016 - CREA-RS aponta irregularidades do Hospital Mãe de Deus
2/8/2016 - Manuseio de cargas e pessoas é crítico no Hospital Mãe de Deus, aponta relatório em Ergonomia, primeiro a ser embasado pelo método MAPHO no Brasil
22/7/2016 - Hospital Mãe de Deus (em Porto Alegre) recebe notificação do MPT-RS para adequar aspectos de segurança e saúde do Trabalho
19/7/2016 - Começa primeira operação da força-tarefa dos hospitais gaúchos

Texto: Maria Antonia Fiorini (estagiária de Jornalismo)
Fixo Oi: (51) 3220-8328
Supervisão: Flávio Wornicov Portela (reg. prof. MT/RS 6132)
Fixo Oi: (51) 3220-8328 | Móvel Claro (51) 99977-4286 com WhatsApp
prt04.ascom@mpt.mp.br | www.facebook.com/mptnors | https://twitter.com/mpt_rs

Tags: Setembro

Imprimir